terça-feira, 18 de março de 2008

É tudo muito engraçado até alguém perder um olho!

Minha tia-avó precisa dançar toda vez que experimenta um sapato na loja. Só assim ela sabe se o sapato é bom pra ela ou não.

-Senhora a cor do sap... - O vendedor tentava manter um diálogo e fazer minha tia parar de rodopiar.

-O senhor dança? - Ela respondia ignorando totalmente o pobre rapaz.

-Não... eu...

-Ah que pena.

-A cor do... do... do...

-Bolero. É um bolero. Falta o último movimento.

-...

-Não, obrigada. Eu não vou levar não.

Deixou um montinho de sapatos felizes no chão da loja e foi embora.

~~~~

Acabei de ver "O banheiro do Papa". Eu achei um filmaço! Acho que nem todo mundo vai concordar, mas eu repito: FILMAÇO, FILMAÇO e FILMAÇO!!

Não tem explosões nem gente morrendo, o personagem lá machuca o joelho no máximo. Já vou avisando pra não me crucificarem depois.

O chato foi a moça que estava do meu lado mastigando pipocas de um saco gigantesco com a boca aberta.

-Moça, tem como você... - Tentei ser delicado.

-Quêêê?? - Um pedaço de milho voou em direção ao meu olho e só não fiquei cego pois estava de óculos.

-Nada... nada não... desculpe. - Me acovardei com a artilharia pesada e fiquei me contorcendo a cada "nhac nhac".

Um comentário:

Fernanda Corbeira disse...

hahahahaha...
Não acredito que isso tudo aconteceu mesmo!!!