segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Partindo para a ciência em prol da humanidade

Hoje resolvi fazer uma experiência antropológica em benefício de todos os homens.

Baseado no fato de que 83% das mulheres com quem falei disseram que é totalmente perceptível quando um homem sai de calça de moleton sem cueca, eu fui almoçar em um restaurante hoje com estes trajes.

O restaurante era por quilo e logo de cara três velhinhas japonesas conversavam animadas. Claro que puxei conversa com elas. Ouvi muitas risadinhas, mas como isso já estava acontecendo antes da minha aproximação, não cheguei a nenhum resultado conclusivo.

-Hmmm, tem firé de frango! Hehehehe!

-Oba! Couve-frô! Hehehehehe!

-As senhoras são muito simpáticas! Vêm sempre aqui?

-Hehehehe!

Depois disso me aproximei da minha mesa e dois rapazes conversavam alegremente em uma mesa próxima.

-Olá. Os rapazes teriam horas?

-Hmmm... meio dia e viiiiintche.

-Obrigado, senhores. E bom apetite.

Tomei precauções para o alvo chave do experimento estar perceptível e ao alcance dos olhos dos participantes.

Mãos moles e risadas com pescoços tombados para trás me fizeram chegar a mesma conclusão das velhinhas japas citadas anteriormente.

Depois disso fui ao supermercado. Primeiramente conversei com três adolescentes que não paravam de rir.

-Com licença, senhoritas...

-Hahahaha... hihihihi...hehehehe...

Depois bati um papo com a caixa que me atendeu. Essa foi super profissional.

-Nota... ...paulista?

Enfim, ainda dei umas voltas por aí. A metodologia não me pareceu boa o suficiente.

Amanhã pretendo testar a aceitação do uso de meias xadrez e bermudas.

Espero ter mais resultados conclusivos dessa vez.

Um comentário:

Elis disse...

Sensacional vc ter se habilitado a fazer experiencia de tal importancia para a humanidade. Eu ri e bastante. Uma micro camera seria uma boa pedida. Aguardarei ansiosamente a experiencia das meias.